Feira Viva alcança seis recordes do Torneio Cidade do Porto

A equipa da Feira Viva Natação Adaptada alcançou seis recordes nacionais no Torneio de Natação Adaptada Cidade do Porto que decorreu nos dias 23 e 24 de março. Ivo Rocha, nos 100 bruços, 50 costas e 50 livres, Ana Castro, nos 100 costas e 50 livres e Rúben Linhares, nos 100 livres.

Carla Cardoso, treinadora da equipa mostrou-se muito satisfeita com o desempenho dos atletas. “Foi um bom momento para avaliar a performance desportiva do Ivo, Rúben e Ana, antes da partida para o estágio de Sierra Nevada, os atletas estiveram ao mais alto nível”, adianta. Carla Cardoso destacou ainda o bom momento de Ivo Rocha para quem a prova foi excelente, “o Ivo subiu no ranking mundial e somou pontos para o lugar nos jogos Paralímpicos de Tóquio 2020”.

A técnica responsável destacou a participação de Leonardo, que “conseguiu ir ao pódio na sua primeira prova”, e referiu que os atletas de Síndrome de Down “estiveram perto dos recordes pessoais”.

Nove nomeações para a Feira Viva Natação Adaptada na Gala do Desporto

Entre atletas, equipa e evento, são nove as nomeações da equipa Feira Viva Natação Adaptada à Gala do Desporto de Santa Maria da Feira.

Já estão a votação os nomeados para a Gala do Desporto, o evento do município que reconhece e divulga o mérito desportivo concelhio, relativo ao ano de 2018, em 15 categorias. A Feira Viva concorre com nove nomeados em seis categorias.

Na categoria Atleta do Ano Desporto Adaptado Género Feminino, o prémio virá, certamente, para a Feira Viva Natação Adaptada, uma vez que todas as atletas são desta equipa: Ana Filipa Castro, Raquel Monteiro e Adriana Reis são as três nomeadas. Ivo Rocha e Rúben Linhares estão nomeados para a categoria Atleta do Ano Desporto Adaptado Género Masculino. Na categoria Atleta do Ano na Formação Género Masculino a nomeação é para Rodrigo Patrício. Carla Cardoso para Treinadora do Ano, um prémio que já arrecadou em 2017, assim como Ivo Rocha que está nomeado para Atleta do ano, prémio que também já ganhou na edição anterior. Na categoria Evento do Ano está a concorrer o Troféu das Fogaceiras.

As votações decorrem até 31 de Março no site http://www.gala.desportofazemosbem.pt, e os vencedores serão anunciados a 12 de Abril, na Gala do Desporto que terá lugar no Cineteatro António Lamoso, às 21h00. Deixamos aqui o nosso apelo. Vote nos seus favoritos.

Feira Viva Natação Adaptada arranca 1º lugar em Coimbra

A equipa da Feira Viva Natação Adaptada trouxe para Santa Maria da Feira o 1° lugar no Open ANC, onde Ivo Rocha atingiu o mínimo para os jogos Paralimpicos Tokyo2020. O atleta da Feira Viva, juntamente com Rúben Linhares e Ana Castro estão de partida para a Sierra Nevada num estágio de preparação.
Nos dias 2 e 3 de março, a Feira Viva Natação Adaptada alcançou o primeiro lugar no 1º Open de Natação Adaptada de Coimbra. Ivo Rocha conseguiu o recorde nacional nos 100m bruços, 100L e aos 200L, alcançando o mínimo para os jogos Paralimpicos Tokyo2020. Ana Castro também arrecadou três recordes nacionais nos 200E, 100L e 400L. Carla Cardoso, responsável pela equipa, destaca que “a equipa esteve muito bem, a maioria dos atletas com recordes pessoais ou muito perto, o que levou ao primeiro troféu da época em piscina longa”. Carla Cardoso mostra-se muito orgulhosa do feito da equipa, que se mostrou “unida e motivada”.
Na sequência dos resultados demonstrados, Ivo Rocha, Rúben Linhares e Ana Castro estão de partida para um estágio de alto rendimento no CAR Sierra Nevada, em Espanha, que decorre entre 1 e 20 de Abril. “O Ivo vai preparar-se para o campeonato do Mundo e o Rúben e a Ana vão preparar-se para alcançar mínimos para o campeonato do mundo”, explica Carla Cardoso.
Tanto Ivo Rocha como Rúben Linhares estão convocados pela Selecção Nacional para o Meeting Internacional de Glasgow, que terá lugar a 27 e 28 de Abril.

Atletas Feira Viva Natação Adaptada recebem prémio de mérito

Atribuição simbólica pelo Presidente do Município à Alta Competição Feirense

Pela prestação ao longo da última época em particular, a nível nacional e internacional, individual e coletivo, em representação Feirense ou por Portugal, de Ana Filipa Castro, Ivo Rocha e Ruben Linhares, a Feira Viva premiou simbolicamente os três atletas de Alta Competição da Feira Viva Natação Adaptada com a oferta, no passado dia 1 de fevereiro no EUROPARQUE, de um cardiofrequencímetro de última geração a cada um deles. Este objeto adquire um significado especial pelo fato de ser uma ferramenta de apoio ao treino individual dos três nadadores feirenses, na medida em que se torna um instrumento de apoio e monitorização mais concreta da performance física de cada um, sendo, para qualquer atleta um item particular e geralmente muito desejado.

Nota para o facto de que estes nadadores se destacam no universo dos cerca de 50 atletas que fazem atualmente parte do projeto de Natação Adaptada do município de Santa Maria da Feira, tendo, como exemplos recentes, no Troféu das Fogaceiras, disputado em “casa” a 12 e 13 de janeiro últimos, os recordes pessoais e nacionais de Rúben Linhares nos 100m e 400m livres; Ana Filipa Castro em 100m bruços, e 100m costas e Ivo Rocha  com 4 records nos 50m costas e nos 50m, 100m, 200m livres.

Mais: os atletas masculinos em causa estão convocados para a presença no projeto Paraolímpico Tóquio 2020, em virtude dos resultados notórios pela Seleção Nacional no Campeonato da Europa WPS de Dublin 2018, tendo sido propostos pela FPN (Federação Portuguesa de Natação) e convocados pelo Comité Olímpico para Preparação Tóquio 2020. Ana Filipa Castro dará início em abril de 2019 ao seu primeiro estágio de alto rendimento no CAR Sierra Nevada, em Espanha, sob a supervisão da diretora técnica do projeto Feira Viva Natação Adaptada – Carla Cardoso.

Feira Viva encerra Troféu das Fogaceiras com 8 Records Nacionais

Alta Competição feirense em pleno auge de forma desportiva

A Feira Viva Natação Adaptada foi, no último fim de semana de 12 e 13 de janeiro, a grande anfitriã da primeira prova nacional do calendário civil para a Natação Adaptada.

Numa competição que contou com a presença de 122 atletas de 14 clubes nacionais, a Feira Viva Natação Adaptada foi o clube com o maior número de records nacionais, oito no total. Destaque particular para a alta performance desportiva de três dos 5 atletas em Alta Competição da equipa:

Rúben Linhares com os records em 100m e 400m livres; Ana Filipa Castro em 100m bruços, e 100m costas e Ivo Rocha  com 4 records nos 50m costas e nos 50m, 100m, 200m livres. Nota ainda para a presença no projeto Paraolímpico Tóquio 2020 de Ruben Linhares e Ivo Rocha que, após os resultados brilhantes pela Seleção Nacional no Campeonato da Europa WPS de Dublin 2018, os dois atletas da Feira Viva, foram propostos pela FPN (Federação Portuguesa de Natação) e convocados pelo Comité Olímpico para o Projeto de Preparação Tóquio 2020.

Na geral da tabela classificativa, nas duas jornadas por pontos, o Clube Feira Viva ficou classificado em 4º lugar na geral das duas jornadas com um total de 306 pontos. O primeiro lugar, com um total de 416 pontos, pertence ao F.C. Porto; a segunda posição pertence ao Sporting Clube de Aveiro com 358 pontos e o terceiro lugar para a ADADA Porto (Associação de Desporto Adaptado do Porto) com 312 pontos.

Veja a galeria de fotos do evento.

 

Meia Maratona da Primavera reúne Festa e Desporto

Santa Maria da Feira dá a chancela da diferenciação a um evento único

No próximo dia 23 de março o desafio vai muito para lá do que é fazer uma Meia Maratona. A superação é para os atletas, a festa, o convívio, a dinâmica do evento que celebra a chegada do equinócio da Primavera é para todos.

Com a chancela da produção e realização da Feira Viva e do Município de Santa Maria da Feira, considerando o que é já uma garantia de qualidade nos conteúdos originais e surpreendentes à volta de um evento, a 1ª Meia Maratona da Primavera de Santa Maria da Feira realiza-se num contexto transversal ao que se faz no território, com uma abrangência de públicos de todas as idades e proveniências. O que torna este acontecimento ainda mais especial é que ocorre entre o dia e a noite, num princípio de “Adeus” ao Inverno e “Boas-vindas” à Primavera!

A corrida terá os 21km regulamentados e será “acompanhada” na programação por uma caminhada de 6km, esta sem objetivo competitivo. O arranque da meta está agendado para as 18H30 e as inscrições já se encontram abertas desde o dia 1 de janeiro em www.experience.europarque.pt/mmsmf, em todos os Clubes HMC – Feira, Fiães e Lourosa, e no EUROPARQUE. As inscrições são limitadas a 3000 participantes e os preços de inscrição variam entre os 5€ e os 29€.

Este evento pretende celebrar o desporto e todos os conceitos de bem-estar e de ambiente gerado à volta deste da reunião de pessoas que partilham uma paixão e a capacidade de atingir objetivos nunca antes imaginados. Neste impulso de novidade, os atletas que participam na prova desportiva propriamente dita são convidados a trazer as famílias e os amigos para um ambiente que será de festa, desde o acolhimento dos participantes até à subida ao pódio.

De resto, os happenings e todo o élan criado ao longo dos 21 km de corrida e dos 6 km da caminhada, prometem ser inesquecíveis, numa cooperação ímpar entre atletas e assistência.

Para lá da entrega de troféus, a prova de Meia Maratona envolve prémios pecuniários entre os 50€ e os 150€. O ajuizado da prova estará a cargo do Conselho de Arbitragem da Associação de Atletismo de Aveiro, estando esta devidamente homologada pela Federação Portuguesa de Atletismo.

A organização põe ao dispor dos participantes um plano de treinos, também inseridos na iniciativa EUROPARQUE Running, aos domingos de manhã, com conceito indicidual e independente, no site dedicado a todas as informações sobre o evento, bem como o respetivo regulamento de participação, do qual não se dispensa a consulta. Mais informações e detalhes sobre a Meia Maratona da Primavera Santa Maria da Feira podem ser solicitadas para os contactos 915 220 811 e experience@europarque.pt .

10 anos de Competição de Natação Adaptada em Santa Maria da Feira

Troféu das Fogaceiras abre ano de provas nacionais

A génese do atual Troféu das Fogaceiras remonta há exatamente 10 anos, com a realização 1ª edição da CNA (Competição de Natação Adaptada) que se realizou no Complexo da Piscina Municipal de Santa Maria da Feira a 22 de fevereiro de 2009.

Em 2019 o Troféu das Fogaceiras, iniciativa em que derivou a competição criada em 2019, volta a juntar atletas de norte a sul do país. Com diversos clubes em participação, a Piscina Municipal de Santa Maria da Feira recebe dezenas de atletas em duas jornadas, a 12 e 13 de janeiro, naquela que continua a ser a primeira prova nacional do ano civil em Natação Adaptada.

A equipa feirense contará com a participação de 17 atletas em prova. A entrada para assistir à competição é livre e as jornadas arrancam sábado à tarde, a partir das 14H, e domingo de manhã, a partir das 9H30.

Primeira medalha lusa do Europeu de Dublin conquistada pelo atleta da Feira Viva – Ivo Rocha

Foi nos 100 bruços (S5) do Europeu WPS Dublin 2018 que Ivo Rocha da Feira Viva Natação Adaptada garantiu o primeiro lugar português no pódio deste Campeonato, conquistando o bronze e o recorde nacional de 1.44,25 minutos, tendo sido apenas superado pelo espanhol Antoni Ponce (1.29,85) e pelo italiano Marco Dólmin (1.41,36). Segundo se pode ler ainda no site da FPN, “Ivo Rocha assegurou um lugar na final (18.19) dos 100 bruços (S5) com 1.48,09, terceiro tempo dos finalistas.”. 

  

De resto, nas palavras do nadador feirense, este “é o melhor resultado de oito anos na minha carreira de nadador. Há muto que sonhava com uma medalha em grandes campeonatos. Estou muito feliz por o ter conseguido. Surgi em Dublin com o 5.º tempo entre os inscritos, a concorrência era muito forte, mas tinha este sonho e consegui concretizá-lo hoje. Mas tenho de o dizer que este resultado e as três finais em quatro provas em que participei é fruto de muito trabalho individual, mas também de toda a equipa que me apoia, a minha treinadora Carla Cardoso, à fisioterapeuta Cláudia Pato, ao meu clube e claro à federação.  Quanto ao Europeu e à nossa seleção tem corrido muito bem. Temos marcado presença em muitas finais o que mostra o bom trabalho que temos realizado. Falta-me agora participar nos 50 mariposa, que não é a minha especialidade, mas vou tentar bater o recorde nacional e ir á final.”

Ainda no dia de ontem, o outro atleta da Feira Viva a participar no Campeonato de Dublin, Ruben Linhares, garantiu a presença na final dos 50m livres com um tempo de 29,53 segundos, tendo assegurado o 5º melhor tempo daquela prova.

LIVE e RESULTADOS https://www.paralympic.org/dublin-2018